• Associação

Associação humanitária Bombeiros Voluntários das Caldas da Rainha

Constituição

A Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários das Caldas da Rainha foi fundada em 1895 por um grupo de homens com o intuito de servir o seu semelhante. Com mais de um século de história, os Bombeiros Voluntários Caldenses são hoje um exemplo de humanitarismo, não só pelo serviço constante da cidade como também pelos múltiplos serviços que têm prestado de Norte a Sul de Portugal.

 

História

É peculiar o surgimento do primeiro serviço de bombeiros nas Caldas da Rainha: nos finais do século XIX, o Hospital Real das Caldas da Rainha estava dotado de serviços de incêndios com material adequado e pessoal preparado para operar. Bombeiros Caldenses foi o primeiro nome desta corporação, ligada ao hospital termal e a algumas fábricas locais, tendo um caráter mais particular que público.

Em 1894 surge uma Associação de Bombeiros Voluntários dirigida a toda a população e independente dos serviços do hospital.

"Teve logar no dia 29 do mez preterito, a grande assembleia geral dos habitantes das Caldas, que a convite da commissão promotora de tão sympathico movimento, como é o da creação da corporação de bombeiros, comissão composta pelos exmos. srs. José Maria Ludovice, Henrique Salles Henriques, Arthur Netto e João Luiz da Costa, se reuniu na sala do Club Gymnastico pelas 9 horas da noite...” - O Círculo das Caldas, 2 de Setembro de 1894.

A 14 de Setembro de 1895 foi fundada a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários das Caldas da Rainha.

Nos primeiros tempos de funcionamento, para além do combate a incêndios, a Associação prestava dois serviços de grande utilidade pública: um posto de primeiros socorros e um telefone público.

Em 1931, é criada a Caixa de Bombeiros, com a finalidade de apoiar os membros do Corpo de Bombeiros em caso de doença ou desastre que os impossibilitasse de trabalhar e de subsidiar despesas de funeral ou farmácia. Esta Entidade ainda se encontra ativa.

Em 1981, é inaugurado o atual quartel sede, que viria a sofrer obras de ampliação e melhoramentos, entre 1989 e 1997.

Atualmente, a associação tem mais de 12.000 sócios e o Corpo de Bombeiros dispõe de 120 bombeiros, divididos entre quadro ativo, fanfarra e escolas de estagiários e cadetes/infantes.

 

Assembleia Geral

Presidente Henrique Luís Rodrigues Sales Henriques
Vice-Presidente Vasco José Coelho Batista
Secretário Nuno Miguel Sousa Valente Godinho Carvalho
Vogal Carlos Manuel Rodrigues Gouveia da Silva
Vogal Fernando José de Sousa
Suplente Faustino Morais Caetano

 

Direção

Presidente Abílio Maria Camacho
Vice-Presidente Luís Filipe Januário Garcia Botelho
Tesoureiro Anabela Camacho do Coito Patacho
Secretário Hermínio de Abreu
Sec. Adjunto António Augusto Marques Alexandre
Vogal Maria João Querido
Vogal Rodrigo Neves Amaro
Vogal Suplente Almerinda Teodoro da Silva

 

Conselho Fiscal

Presidente Joaquim José Oliveira Lopes
Vice-Presidente José Ferreira Gomes
Secretário Nuno Alexandre Soares Lopes Pinto
Suplente José Pedro dos Anjos Bernardo Q`Doce
Suplente António Manuel de Vasconcelos Borrego Gomes

Ocorrências Ativas

Data
Ocorrência
Ocorrência Local
Meios (Veíc.|Oper.)

Não existem ocorrências significativas em curso

Última actualização ()

Morada

   
  Rua 31 de Janeiro
  2500-118 Caldas da Rainha
  262 840 551

 

Contactos

 
  Telefone
  E-mail
Copyright © 1895-2019 • Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários das Caldas da Rainha • Todos os direitos reservados
Powered by [dp]Soluções